•  
  •  
  •  

Ilustrações 2019 - O Falcoeiro

Cultura

A falcoaria é uma modalidade de caça praticada em Portugal desde o séc. XII. As aves de presas são treinadas para a caça de animais selvagens no seu ambiente natural. Assim, o falcoeiro é responsável pelo treino das aves e pela excelência da sua condição física. Numa estratégia de parceria, falcoeiro e ave de presa, procura-se apanhar a presa vencendo as suas estratégias naturais de fuga e é aqui, no lance de caça, e não na captura, que reside o valor mais alto da falcoaria.

A Idade Média é considerada a época de ouro da falcoaria e o falcoeiro tinha um lugar de prestígio na sociedade. Deixou de ser uma forma de caça de subsistência e passou a ser um desporto aristocrático praticado por reis e outros membros poderosos das cortes. Os falcões começaram a ser utilizados como demonstração de poder e grandeza, faziam parte de armas e brasões e funcionam como moeda de troca, inseridos nos dotes de casamento das princesas e para pagamento de resgates de guerra (Crespo, 1999: 13).

Mais recentemente, a 1 de dezembro de 2016, a Falcoaria Portuguesa foi considerada Património Imaterial da Humanidade.